Tag

casos

Browsing

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (27) mais 3.258 novos diagnósticos e 69 óbitos pela Covid-19 no Paraná. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma agora 531.880 casos confirmados e 9.577 mortos em decorrência da doença. Há ajustes ao final do texto.

Os casos divulgados nesta quarta-feira são de janeiro de 2021 (3.117) e dos seguintes meses de 2020: junho (3), julho (6), agosto (3), setembro (4), outubro (5), novembro (17), dezembro (103).

INTERNADOS – O boletim desta quarta-feira informa que 1.379 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São 1.157 pacientes em leitos SUS (598 em UTI e 559 em leitos enfermaria) e  222  em leitos da rede particular (94 em UTI e  128   em enfermaria).

Há outros 1.317 pacientes internados, 517 em leitos UTI e 800 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão nas redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – Os 69 pacientes que faleceram, relatados no boletim, são 23 mulheres e 46 homens, com idades que variam de 29 a 98 anos. Os óbitos ocorreram entre 26 de junho de 2020 a 27 de janeiro de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (16), Foz do Iguaçu (3), Guarapuava (3), Maringá (3), Apucarana (2), Imbituva (2), Pato Branco (2) e Ponta Grossa (2).

A Saúde registra, ainda, a morte de uma pessoa em cada um dos municípios de  Almirante Tamandaré, Alto Paraná, Alto Piquiri, Arapongas, Araucária, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Carlópolis, Cascavel, Chopinzinho, Colombo, Congonhinhas, Cruz Machado, Cruzeiro do Oeste, Fazenda Rio Grande, Franscisco Beltrão, Irati, Ivatuba, Lapa, Mandirituba, Medianeira, Moreira Sales, Paiçandu, Palmas, Paranaguá, Paranavaí, Piraquara, Rolândia, Santa Izabel do Oeste, São Carlos do Ivaí, São José dos Pinhais, São Pedro do Paraná, Sarandi, Toledo, Ubiratã e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Saúde registra 4.081 casos de residentes de fora, sendo que 75 pessoas foram a óbito.

AJUSTES
Exclusões:

Total de exclusões: 2 casos residente no Paraná e 2 óbitos residente no Paraná

Um caso e óbito confirmado (M,40) no dia 21 de abril de 2020 em São João do Caiuá foi excluído por erro de notificação.

Um caso e óbito confirmado (M,88) no dia 23 de agosto de 2020 em Paranavaí foi excluído por erro de notificação

Confira o informe completo clicando   AQUI

Em atualização do boletim epidemiológico da pandemia do novo coronavírus divulgada hoje (23), o Ministério da Saúde registrou mais 62.715 casos de infecção pela doença. Segundo o informe, 1.386 pessoas morreram em decorrência de covid-19 em 24 horas. O número total de mortos no brasil pelo vírus é de 248.529 desde o início da pandemia.

A pasta informa que 794.182 pacientes (7,7%) seguem em acompanhamento. A taxa de recuperação da doença segue estável, com 9.215.164 pessoas consideradas recuperadas da doença, o que representa 89,8% do total.

Sem grandes mudanças, o cenário estadual segue mostrando o estado de São Paulo como o maior foco de covid-19 no Brasil. O estado registrou 1.990.554 casos no total, com 58.199 óbitos, 23,41% do total de óbitos no Brasil. Minas Gerais e Bahia seguem, respectivamente, em segundo e terceiro lugar no covidômetro, com 847.763 casos e 17.774 óbitos e 660.506 casos e 11.320 óbitos.

Boletim mostra evolução da pandemia de covid-19 no Brasil.

O boletim semanal da dengue confirma nesta terça-feira (23) 425 novos casos da doença no Paraná. O Estado soma 3.129 casos neste período epidemiológico, iniciado em agosto de 2020. Há 344 municípios com notificações para a dengue e 212 apresentam confirmações. São 7.491 casos em investigação.

“A dengue exige atenção de todos, dos gestores das três esferas de governo, mas principalmente da população, pois cerca de 90% dos criadouros do mosquito transmissor da doença estão nos quintais e ambientes internos das residências paranaenses. Esta é uma informação que repetimos sempre, como forma de alerta para que a comunidade nos ajude, eliminando os focos que se concentram em recipientes que acumulam água parada”, ressalta o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

A Vigilância Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde vem apoiando municípios de várias regiões nas ações de enfrentamento. “São municípios pequenos que solicitam nossa orientação e apoio no trabalho de campo para a busca e eliminação dos criadouros. Os técnicos percorrem praticamente a cidade inteira neste trabalho de detecção e remoção e aplicação de inseticida”, destacou a coordenadora de Vigilância Ambiental da secretaria, Ivana Belmonte.

Na semana passada a força-tarefa aconteceu no município de Serranóplis do Iguaçu, localizado na 9ª Regional de Saúde, de Foz do Iguaçu, e que apresentou grande aumento de número de casos de dezembro para cá.

A cidade de 4.513 habitantes concentrava os casos nos bairros Flor da Serra e Jardinópolis. Em dezembro essas áreas apresentavam 24 casos, número que subiu para 181 em fevereiro. No total, o município tem 200 casos confirmados de dengue.

“Equipes da vigilância municipal percorreram cerca de 150 quarteirões da cidade com limpeza, remoção de criadouros e aplicação de inseticida com equipamento costal. Passamos todas as orientações para que o município siga com este trabalho de combate”, complementou Ivana.

O número de pessoas que não resistiram à covid-19 no Brasil subiu para 242.090. Em 24 horas, foram registradas 1.150 mortes. Há ainda 2.776 óbitos em investigação no país. As informações são da Agência Brasil.

Já o total de pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 9.978.747. Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 56.766 novos casos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta quarta-feira (17). O balanço é produzido a partir de informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Há, ao todo, 786.207 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 8.950.450 pacientes já se recuperaram.

Estados

Na lista de estados com mais mortes estão São Paulo (56.960), Rio de Janeiro (31.701), Minas Gerais (17.109) e Rio Grande do Sul (11.479). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (940), Roraima (995), Amapá (1.116), Tocantins (1.461) e Rondônia (2.586).

Em número de casos, São Paulo também lidera (1.938.712), seguido por Minas Gerais (816.901), Bahia (639.227), Santa Catarina (622.727) e Paraná (601.554).

O Paraná registrou na última semana novos 324 casos de dengue, segundo boletim divulgado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), nesta terça-feira (2). As informações são do Paraná Portal.

O registro apresenta alta em relação ao boletim anterior, quando 139 novos casos de dengue foram confirmados.

Desde o início do ciclo em agosto foram confirmados 2.270 casos e seis óbitos no Paraná. O levantamento deste ciclo da dengue irá durar até julho de 2021.

Já as notificações de dengue passaram de 23.043 para 24.791 nos últimos sete dias, sendo que 198 municípios do Paraná registraram ao menos um caso da doença.

“Estamos vivendo a pandemia pela Covid-19, mas as outras doenças não pararam de fazer vítimas, a dengue é uma delas. Porém, para prevenir a dengue, nós sabemos o que fazer, não é novidade. Precisamos acabar com espaços e objetos acumulados que acumulam água, esses são os criadouros do mosquito.”, explicou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

Desde 1991, os casos da doença são acompanhados pela Secretaria Estadual da Saúde. Mas no último ciclo, o Paraná quebrou o recorde de casos confirmados e mortes, com 227.724 contaminações e 177 óbitos.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil registrou 971.136 casos de dengue no último ciclo, sendo que 91,7% dessas ocorrências foram concentradas entre os estados do Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná.

“Dentro da nossa casa, do nosso terreno, da nossa loja ou outro espaço que ocupamos, temos o dever de eliminar espaços e objetos que possam acumular água. Essa ação parece boba, mas é com a simplicidade que podemos eliminar as larvas do mosquito e não deixar que ele contamine pessoas”, finalizou o secretário.

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (02) 4.301 novos casos confirmados e 97 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 552.125 casos confirmados e 10.063 mortos em decorrência da doença. Há ajustes de casos confirmados ao final do texto.

Os casos confirmados neste informe referem-se a pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 20 de março de 2020 e dois de fevereiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema estão distribuídos nos meses: fevereiro de 2021 são 2.105 e janeiro de 2021 mais 2.054. Os demais são referentes ao ano de 2020 nos meses de março 1, abril 1, maio 1, junho 4, julho 14, agosto 5, setembro 3, outubro 6, novembro 34 e dezembro 72. O detalhamento completo está no arquivo csv.

INTERNADOS – 1.349 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.127 pacientes em leitos SUS (584 em UTI e 543 em leitos clínicos/enfermaria) e 222 em leitos da rede particular (94 em UTI e 128 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.162 pacientes internados, 471 em leitos UTI e 691 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 97 pacientes. São 38 mulheres e 59 homens, com idades que variam de 21 a 99 anos. Os óbitos ocorreram entre 19 de abril de 2020 e 02 de fevereiro de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Curitiba (8), Maringá (5), São José dos Pinhais (5), Cianorte (4), Ponta Grossa (4), Campo Mourão (3), Castro (3), Almirante Tamandaré (2), Arapongas (2), Campo Largo (2), Cascavel (2), Cornélio Procópio (2), Guarapuava (2), Mandirituba (2), Pinhalão (2), Sarandi (2), Telêmaco Borba (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Alto Paraná, Andirá, Antonina, Arapoti, Assis Chateaubriand, Campina da Lagoa, Campo Magro, Cantagalo, Carambeí, Chopinzinho, Conselheiro Mairinck, Faxinal, Floraí, Florestópolis, Foz do Iguaçu, Foz do Jordão, Goioxim, Grandes Rios, Guaratuba, Ibiporã, Itambé, Jacarezinho, Jaguariaíva, Lapa, Loanda, Maripá, Medianeira, Nova Tebas, Palmas, Paraíso do Norte, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco, Piraí do Sul, Pontal do Paraná, Realeza, Rondon, Salto do Lontra, Santo Antônio do Caiuá, São Mateus do Sul, Sertaneja, Sertanópolis, Tamarana, Terra Rica e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 4.179 casos de residentes de fora, 78 pessoas foram a óbito.

AJUSTES:

Total de exclusão: 3 casos residente e 4 não residente no Paraná. 5 óbitos de residentes no Paraná

Um óbito confirmado (M,58) no dia 08/07/2020 em NOVA AURORA foi excluído por erro de notificação

Um óbito confirmado (M,61) no dia 20/09/2020 em ITAPERUCU foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,71) no dia 29/06/2020 em ARAUCARIA foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,62) no dia 08/07/2020 em ARAUCARIA foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,33) no dia 19/06/2020 em ITAPERUCU foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,52) no dia 11/12/2020 em XIQUE-XIQUE/BA foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,55) no dia 11/12/2020 em XIQUE-XIQUE/BA foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,54) no dia 08/09/2020 em ACU/RN foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,14) no dia 08/01/2021 em JI-PARANA/RO foi excluído por erro de notificação.

Foram registradas 1.283 mortes por covid-19 no Brasil em 24 horas. O número total de pessoas infectadas pela doença no país chegou a 8.996.876. Desses, 63.520 apenas em 24 horas, desde esta terça-feira. As informações são da Agência Brasil.

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil.
Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil. – Divulgação/Ministério da Saúde

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado hoje (27) e são referentes aos registros feitos desde o boletim divulgado ontem. O levantamento é feito a partir das informações sobre casos e mortes enviadas pelas secretarias estaduais de saúde. Além disso, 7.877.337 pessoas se recuperaram da doença.

Na lista de estados com mais mortes, São Paulo ocupa a primeira posição (52.170), seguido por Rio de Janeiro (29.230) e Minas Gerais (14.544). As Unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (837), Acre (858) e Amapá (1.040).

São Paulo também lidera o ranking de casos de covid-19 no país, 1.731.294 casos. Em seguida, aparece Minas Gerais (707.649) e Bahia (574.062). Os estados com menos casos registrados são Acre (47.119), Roraima (72.921) e Amapá (75.940).

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo (24) 1.814 novos casos confirmados e 40 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 519.953 casos confirmados e 9.325 mortos em decorrência da doença.

Os casos divulgados neste domingo são de janeiro de 2021 (1.768) e dos seguintes meses de 2020: março (1), setembro (1), outubro (3), novembro (19) e dezembro (22).

INTERNADOS – 1.293 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.071 pacientes em leitos SUS (570 em UTI e 501 em leitos clínicos/enfermaria) e 222 em leitos da rede particular (94 em UTI e 128 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.354 pacientes internados, 529 em leitos UTI e 825 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 40 pacientes. São 13 mulheres e 27 homens, com idades que variam de 12 a 103 anos. Os óbitos ocorreram entre 2 de novembro de 2020 a 24 de janeiro de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Curitiba (14), Foz do Iguaçu (4) e Reserva (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Anahy, Candói, Carambeí, Cascavel, Céu Azul, Clevelândia, Coronel Vivida, Fazenda Rio Grande, Guarapuava, Imbau, Imbituva, Jaguariaíva, Laranjeiras do Sul, Maringá, Ponta Grossa, Rio Azul, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, São Pedro do Iguaçu e Toledo.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 4.037 casos de residentes de fora, 70 pessoas foram a óbito.

O total de pessoas que morrem de covid-19 desde o início da pandemia no Brasil chegou a 217.037, conforme balanço divulgado neste domingo (24) pelo Ministério da Saúde. Em 24 horas, foram registrados 592 óbitos e 28.323 casos confirmados por equipes de saúde. O número de pessoas infectadas no país subiu para 8.884.577. As informações são da Agência Brasil.

Há, segundo a pasta, 973.770 casos ativos em acompanhamento por profissionais de saúde – um aumento de 11% em relação ao boletim anterior. Ainda de acordo com o boletim, o país soma 7.653.770 pacientes recuperados.

Estados

Na lista de estados com mais mortes por covid-19, São Paulo ocupa a primeira posição (51.502), seguido por Rio de Janeiro (28.833), Minas Gerais (14.279), Ceará (10.331) e Rio Grande do Sul (10.311). Já as unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Roraima, Acre, Amapá, Tocantins e Rondônia.

Em número de casos, São Paulo também lidera (1,69 milhão), seguido por Minas Gerais (690.853), Bahia (565.320), Santa Catarina (558.9075) e Rio Grande do Sul (528.045).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil.

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (22) mais 3.621novos casos confirmados e 74 mortes pela Covid-19 no Paraná. Há ajuste ao final do texto.

Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Estado soma 515.025 diagnósticos e 9.222 óbitos em decorrência da doença, desde o início da pandemia.

Os casos divulgados nesta sexta-feira são de janeiro de 2021 (3.341) e dos seguintes meses de 2020: março (1), junho (2), julho (3), agosto (1), setembro (4), outubro (5), novembro (53) e dezembro (211).

INTERNADOS – O boletim relata que há 1.334 pacientes com diagnóstico confirmado internados. São 1.112 pacientes em leitos SUS (568 em UTI e 544 em enfermaria) e 222 em leitos da rede particular (94 em UTI e 128 em enfermaria).

Há outros 1.343 pacientes internados, 539 em leitos UTI e 804 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão nas redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – Os 74 pacientes que faleceram, relatados no boletim, são 32 mulheres e 42 homens, com idades que variam de 2 a 96 anos. Os óbitos ocorreram entre 14 de abril de 2020 a 22 de janeiro de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (18), Campo Mourão (11), Colombo (4), Piraquara (3), Cascavel (2), Matinhos (2), Pinhais (2), Ponta Grossa (2) e Rio Branco do Sul (2).

A Secretaria da Saúde registra, ainda, a morte de uma pessoa em cada um dos municípios de Apucarana, Araucária, Assis Chateaubriand, Astorga, Campina Grande do Sul, Conselheiro Mairinck, Contenda, Cornélio Procópio, Faxinal, Francisco Beltrão, Goioerê, Guamiranga, Ibaiti, Indianópolis, Irati, Ivaiporã, Lapa, Loanda, Nova Esperança, Nova Londrina, Paranaguá, Prudentópolis, Rebouças, Santa Cruz de Monte Castelo, São José das Palmeiras, São José dos Pinhais, Toledo e Tupassi.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 4.017 casos de residentes de fora,  sendo 70 pessoas foram a óbito.

AJUSTES:
Exclusões

Total de exclusão: 56 casos residente e 2 não residente no Paraná. 23 óbitos residente e 2 não residente no Paraná

Um caso e óbito confirmado (F,58) no dia 01/06/2020 em Piraquara foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,74) no dia 03/06/2020 em Piraquara foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,64) no dia 04/06/2020 em Curitiba foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,61) no dia 04/06/2020 em Cascavel foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,59) no dia 22/06/2020 em Piraquara foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,35) no dia 23/06/2020 em Toledo foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,61) no dia 28/06/2020 em Goioerê foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,80) no dia 04/07/2020 em Ivaiporã foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,80) no dia 08/07/2020 em Colombo foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,75) no dia 16/07/2020 em Maringá foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,95) no dia 27/07/2020 em Curitiba foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,72) no dia 29/07/2020 em Paiçandu foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,83) no dia 12/08/2020 em São Pedro do Ivaí foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,77) no dia 17/08/2020 em Arapongas foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,59) no dia 23/08/2020 em Rio de Janeiro/RJ foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,59) no dia 26/08/2020 em agua boa/MG foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,61) no dia 05/09/2020 em Foz do Iguaçu foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,54) no dia 15/09/2020 em Sarandi foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,40) no dia 17/09/2020 em Maringá foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,82) no dia 25/09/2020 em Maringá foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,19) no dia 19/11/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,68) no dia 26/11/2020 em São Miguel do Iguaçu foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,63) no dia 28/11/2020 em Diamante do Norte foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,27) no dia 12/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,41) no dia 12/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,27) no dia 12/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (M,32) no dia 11/12/2020 em Telêmaco Borba foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,41) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,24) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,19) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,31) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,57) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,12) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,79) no dia 08/12/2020 em Foz do Iguaçu foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,21) no dia 17/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,23) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,66) no dia 19/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,74) no dia 20/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,17) no dia 22/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,0) no dia 08/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,17) no dia 08/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,45) no dia 20/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,21) no dia 21/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,20) no dia 21/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,12) no dia 22/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,24) no dia 22/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,39) no dia 22/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,46) no dia 25/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,25) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,72) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,26) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,78) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,34) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,22) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (F,54) no dia 25/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,39) no dia 26/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso confirmado (M,41) no dia 25/12/2020 em Ribeirão Claro foi excluído por erro de notificação

Um caso e óbito confirmado (F,66) no dia 29/12/2020 em Tupassi foi excluído por erro de notificação

Confira o informe completo clicando  AQUI