Author

Redação

Browsing

Reinhold Stephanes Junior é Deputado Federal eleito pelo Estado do Paraná, é economista, administrador e empresário, e um grande apoiador do governo Bolsonaro, defendendo as pautas do empreendedorismo e do desenvolvimento econômico do País. Formado em Economia e Administração, com pós Graduação na área na Instituição de ensino riedrich-Naumann-Stiftung für die Freiheit, na Alemanha, voltada à Economia e Gestão Pública.

Foi Secretário de Administração, nos anos de 1995 a 1998 a convite do ex Governador Jaime Lerner, dando início a vida pública. Assumiu o cargo de Vereador de Curitiba entre os anos de 2001 e 2007, e logo após o cargo de Deputado Estadual pelo Paraná de 2007 a 2018, e desde 2019 atua na Câmara dos Deputados como Deputado Federal pelo PSD/PR.

É um Deputado Federal conservador, com viés liberal, sempre pautando suas decisões pela ética, pelo respeito às instituições e a seriedade no desenvolvimento do seu trabalho. Tem esses princípios como base para a atuação política e que precisam ser cada vez mais valorizadas no Brasil. O Deputado Federal Stephanes Junior vem realizando um forte e atuante trabalho em Brasília para trazer muitos recursos para o nosso Estado do Paraná, melhorando ainda mais a vida dos paranaenses.

Muitos investimentos estão sendo realizados na área da saúde mas também do desenvolvimento e infraestrutura. Durante a pandemia, muitos recursos foram liberados para serem investidos na saúde, e também no desenvolvimento e infraestrutura, do nosso Estado. Ainda, Stephanes Junior foi a favor da liberação de recursos para a população através do auxílio emergencial, e também do auxílio Brasil, projetos esses que contaram com o voto favorável do Deputado Federal Stephanes Junior.

Além disso o Deputado Federal Stephanes Junior participou de importantes votações como a da nova lei do Marco do Saneamento do Brasil, gerando mais empregos e melhorando a qualidade de vida das pessoas que vão poder contar com saneamento básico em suas residências. É o trabalho em Brasília que não pode parar, trazendo uma vida melhor para as nossas cidades!

 

O ministro Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia e Inovações; e o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Clezio de Nardin, confirmaram nesta quinta-feira (29 de julho) a viabilidade técnica do projeto que será desenvolvido em conjunto com o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) para a fiscalização em tempo real de obras públicas com a utilização de imagens de satélites.

Em reunião por videoconferência, o ministro destacou que a iniciativa “representará uma mudança de paradigma para todo o país, num projeto piloto que poderá ser estendido a todos os estados, confirmada a viabilidade técnica do uso de nossos satélites para esta nova finalidade”.

A assinatura de um acordo de cooperação e o início da capacitação de servidores do TCE-PR serão os próximos passos para a implementação do projeto, que começou a ser elaborado no início da atual gestão do conselheiro Fabio Camargo na presidência do órgão de controle externo paranaense.

“Estamos muito satisfeitos em confirmar a viabilidade técnica do projeto, que suprirá as necessidades surgidas com a evolução da pandemia, que vem impedindo a fiscalização in loco por questões de segurança. Com o apoio do ministro Pontes e do INPE, em breve poderemos fiscalizar obras a distância e em tempo real”, destacou o presidente do Tribunal.

Satélites

O INPE apresentou na reunião um teste que foi realizado com três obras no Paraná: hospital em Francisco Beltrão, pavimentação da Estrada do Socavão, no município de Castro, e a reforma e ampliação do Aeroporto de Maringá. Foram utilizados dois satélites (CBRES-4 e CBRES-4A), que registraram em detalhes a evolução das obras, com imagens nítidas e aproximadas.

O diretor do INPE disse acreditar que será possível a automatização do sistema, com a emissão de relatórios fotográficos mensais, acompanhados de relatórios com detalhes das obras fiscalizadas.

Autor: Diretoria de Comunicação SocialFonte: TCE/PR
Fonte: TCE-PR

O programa terá 23 cursos divididos em três temas direcionados para mulheres do partido 

Nesta segunda-feira, dia 6 de dezembro, o PSD Mulher iniciou o programa on-line de formação política para mulheres filiadas a partido que prosseguirá até 31 de maio de 2022. A ex-ministra Luciana Lóssio realizou a aula inaugural falando sobre Nação, Estado e Democracia.

A coordenadora do PSD Nacional, Alda Marco Antonio, juntamente com a coordenadora do PSD Mulher no estado do Paraná, Sandra Duda, foram as anfitriãs e mediadoras desse lançamento, que contou ainda com a participação da secretária nacional, Ivani Bôscolo; da vereadora e coordenadora do PSD Mulher no estado do Maranhão, Karla Sarney; a vereadora maranhense, Eliane Leite e do especialista em Direito Eleitoral, Humberto Chaves.

O PSD Mulher PR contou com a participação das pessedistas paranaenses: prefeita Elizabeth Silveira Schmidt (Ponta Grossa), da vice-prefeita: Maria de Fátima Claro Nunes (Campo Mourão), das vereadoras: Aninha Santos (Medianeira), Jussandra Cattâneo (Enéias Marques), Nívea Carraro Gurski (Medianeira), Professora Eunice  (Paraíso do Norte), Branca Radichefski
(representante do PSD de Colombo),  Viviane Bley (que trabalha com povos indígenas); a fundadora da ONG Todas As Marias, Goretti Bussolo e a equipe de apoio do diretório, Telma Colmim, Patrícia Santos e Celina Soares.

O Programa de Formação Política Eleitoral do PSD Mulher, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Político Eleitoral (IPE) que irá fornecer mais de 23 cursos que serão divididos em três temas: Mulher na Política – que vai fornecer orientações sobre o processo de disputa de cargos eletivos, desde a convenção partidária até a prestação de contas -, Hábitos Saudáveis e Olhar Feminino, com informações sobre empreendedorismo, violência doméstica, assédio moral, entre outros assuntos.

As inscrições podem ser realizadas on-line no site do PSD Nacional, clique aqui.